Arte
24 de junho de 2009 por Desirée Marantes

É meu quarto, mas pode chamar de câmara obscura.

Dois sujeitos vedaram um quarto inteiro, forraram as paredes com papel fotográfico e abriram um orifício de luz por três minutos. Os papéis queimaram e viraram uma fotografia do que estava dentro e fora da casa. Transformaram o cômodo, por consequência, numa câmera pinhole gigante.

About Desirée Marantes

Unicorn-in-chief

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>