Comportamento Nada a Ver
13 de março de 2013 por marimessias

Discriminação faz mal para a saúde

Sábado passado o Brasil inteiro saiu as ruas e se uniu para pedir a saída de Marco Feliciano da Comissão de Direitos Humanos. Além de ser bom participar das mudanças que queremos ver no nosso mundo, essa manifestação também foi um clamor de saúde pública.

Sabe por qual motivo?

Pode parecer apenas óbvio, mas também é cientificamente correto dizer que uma pessoa que sofre discriminação (ou teme sofrer, por fazer parte de um grupo visado) está mais suscetível ao stress, depressãoresfriadohipertensão, doenças cardiovascularescancêr de mama, e mortalidade. E isso mesmo quando as questões de desigualdade social são levadas em conta.

Por essas e outras, muitos cientistas tem se dedicado a estudar os danos causados pelo preconceito. Um desses cientistas é a epidemologista Nancy Krieger, que cunhou o termo  ”embodied inequality“. A Nancy também afirma que os danos físicos causados pela discriminação continuariam existindo por um bom tempo, mesmo que o preconceito parasse de existir.

Então bora NUNCA DESISTIR de querer que o mundo seja um lugar menos preconceituoso e mais saudável.

Adendo: esse sábado estão sendo organizadas mais manifestações. Mesmo horário.

Um comentário para Discriminação faz mal para a saúde

  1. Clayton Luis Procópio Por que agente não luta contra os politicos corrupitos ? eles estão voltando e vcs ficam quietos por que será ? Alguem tem rabo preso contra o Renan Calheiros , Genuino o Lula etcs será medo será ? Brasil país de Hipocritas , Mentirosos & Ladrões !!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>