Educação Música
09 de abril de 2013 por Eduardo Biz

O redesign das partituras musicais

A revolução da linguagem é a coqueluche do mercado contemporâneo: toda empresa quer traduzir seu palavreado para um vocabulário mais jovem, mais simples e menos engessado. Todos querem se conectar com as novas gerações.

Nem a música escapa dessa!

A escrita musical existe há milhares de anos, mas foi por volta do século X que as partituras ganharam a forma que conhecemos até hoje.

Agora, em pleno 2013, os roomates Blake West e Mike Sall desenvolveram novos signos para as notas.

O resultado é Hummingbird, uma forma totalmente nova de notação musical.

Bastante intuitivo, o Hummingbird utiliza símbolos mais óbvios e evita alguns dos problemas mais frequentes dos estudantes de música, como ficar contando as linhas da pauta, por exemplo.

Diversos testes já foram feitos em escolas de música, e os resultados são bem otimistas! As crianças passaram a aprender mais rapidamente, e se sentiram mais entusiasmadas a continuar estudando. Afinal, aprender a tocar um instrumento pode ser difícil e frustrante, mesmo com tecnologias que contribuam para isso.

Que tal experimentar tocar Fur Elise nessa nova linguagem? Você também pode arriscar um Ozzy Osbourne ou Beach Boys. Ou até um Maroon 5, se tiver coragem! :P

Um comentário para O redesign das partituras musicais

  1. Pingback: 4 Coisas legais que descobri essa semana |

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>